7 maneiras pelas quais a meditação pode melhorar sua vida amorosa
Saúde

7 maneiras pelas quais a meditação pode melhorar sua vida amorosa

Não sendo mais vista como uma prática “hippy dippy” que envolve sentar em silêncio em um tapete de ioga, a meditação agora é praticada por milhões de pessoas nos Estados Unidos. E com novos estudos saindo a cada ano, os benefícios da meditação parecem ser infinitos. Na verdade, a meditação é agora uma ferramenta reconhecida de reabilitação física e mental. Um desses benefícios tem muito coração. Todos os trocadilhos à parte, meditação pode ser apenas o que está faltando em sua busca de alma gêmea Veja como passar 30 minutos por dia como um hippie em um tapete de ioga pode abrir seu coração para o amor ou fortalecer um relacionamento de longo prazo.

1. Conheça a si mesmo para aprender a amar

Se você está procurando encontrar o amor, o melhor lugar para começar a procurar é o seu subconsciente e é exatamente aí que entra a meditação. A meditação diária oferece a oportunidade de realmente chegar a Conheça a si mesmo. A capacidade de visualizar seu papel em um relacionamento romântico feliz e saudável é vital para melhorar sua vida amorosa. A felicidade, romântica ou não, começa com você. Antes de amar outra pessoa, você deve amar a si mesmo.

2. Eleva os benefícios para a saúde

Estudos mostraram que a mediação não é boa apenas para a alma, mas também para o corpo. Além de reduzir a pressão arterial e o risco de doenças cardíacas, a meditação também ajuda a reduzir o estresse. Portanto, se você está se sentindo muito dolorido ou estressado para resolver um problema com seu cônjuge ou para um encontro às cegas, reserve um tempo para meditar.

3. Permite que você reserve um tempo para reflexão

Quanto mais você medita, mais melhorias verá em sua vida cotidiana. A meditação também permitirá que você contemple e celebre o quão longe você chegou em sua jornada para a autoatualização. A reflexão é uma parte importante para seguir em frente. Para todos vocês, solteiros, a reflexão é exatamente o que os impedirá de cometer os mesmos erros românticos repetidamente. Também lhe dará a chance de fazer correções em sua vida para ganhar perspectiva e encontrar a pessoa certa para você.

4. Eleva a empatia e a compaixão

Se você está pensando em devolver o ânimo à sua vida amorosa, não procure além de “Metta”. Metta ou “bondade amorosa” é uma palavra usada nas tradições budistas para descrever um tipo de meditação focada no desenvolvimento de um profundo senso de benevolência e cuidado para com todos os seres vivos. Empatia é uma parte importante da comunicação e sem essas duas coisas, seus relacionamentos estão fadados ao fracasso. Portanto, da próxima vez que seu outro significativo estiver de mau humor, pense em “Metta”.

5. Aumenta a função cerebral

Ser solteiro por um longo período de tempo pode deixá-lo nervoso. Foco e otimismo são apenas algumas coisas que acontecem quando você está sentindo o blues único. Felizmente, passar trinta minutos por dia meditando reduz a sensação de solidão do cérebro.

6. Aumenta a energia

Se você está procurando um relacionamento ou em um relacionamento de longo prazo, precisa ter energia suficiente para sair e ser romântico. Relacionamentos exigem muito trabalho. Se você não tem tempo ou energia para se dedicar a outra pessoa, talvez precise de mais tempo meditando sobre o que deseja. Se você está pronto para dar um mergulho romântico, concentre-se em sua respiração. Estudos mostram que a meditação com respiração profunda dá a seu corpo a quantidade extra de oxigênio de que ele precisa para continuar.

7. Aumenta a positividade

O amor não é fácil; existem cerca de 100 canções que atestam isso. Mas quando se trata de amor e vida, é como você enfrenta as adversidades que determinará seu caráter. Portanto, quando as coisas ficarem difíceis, não escolha o caminho mais fácil. Permaneça calmo e positivo! Use todos os seus recursos, incluindo meditação, para encontrar uma solução para seus problemas românticos e implementá-la.

Crédito da foto em destaque: Nathan Walker via unsplash.com